Mielomenisgocele

MIELOMENINGOCELE

   A mielomeningocele é o transtorno mais comum do espectro de afecções descritas como espinha bífida. A mielomeningocele é uma estrutura saculiforme contendo liquor tecido nervoso. Os progressos ocorridos na medicina, cirurgia e áreas de saúde afins reduziram a taxa de mortalidade dos pacientes portadores de graves defeitos congênitos do sistema nervoso central. O desafio dos ortopedistas é auxiliar estes pacientes a obterem a melhor função possível dento das limitações impostas por sua deficiência física.

   A maioria das crianças portadoras de mielomeningocele morrerá se não for tratada; portanto, a maioria é tratada com o fechamento precoce do defeito e derivação ventriculoperitoneal. Considerava-se a mielomeningocele não progressiva, mas estudos revelam que pode sobrevir uma deterioração neurológica progressiva, manifestada por níveis cada vez mais altos de paralisia e redução da função dos membros superiores. 

   O tratamento Ortopédico dever ser elaborado visando, o atendimento de metas específicas durante a infância, considerando a função esperadana idade adulta.

   O tratamento conservador tem como objetivo o tratamento ortótico que é obter uma mobilidade eficaz com restrição mínima.

   O tratamento cirúrgico em pacientes com mielomeningocele são realizados durantes os primeiros 15 anos de vida. Quando há indicação de correção cirúrgica, a deformidade deve ser corrigida por completo e de maneira permanente.